quinta-feira, 19 de novembro de 2009

NEM JOSÉ E NEM MARIA

Nestes tempos pós-modernos
Que vivemos hoje em dia
Nenhum pai, nenhuma mãe
De jeito nenhum daria
Nome aos filhos no batismo
De José ou de Maria.

Esses que já foram antes
Os nomes mais populares
Quantos Josés existiam
Quase em todos os lares
E as Marias eram tantas
Nos mais diversos lugares.

Hoje se alguém procura
Em revistas ou jornais
E se detém pesquisando
Grandes listas nominais
O José e a Maria
Não são encontrados mais.

É fácil encontrar Efrânio
Ailton, Húdson, Evandro
Cleiton, Adailton, Wagner
Moésio, Renan e Sandro
Dalton, Aécio e Vinícius
Aliano e Poliandro.

É fácil Tânia e Denise
Hortênsia, Olga, Erinete
Girlânia, Geórgia, Súzi
Gizélia, Railta, Ivete
Rosires, Itna, Valquíria
Brena, Talita e Claudete.

Crisanto, Benone,Ítalo
Guto, Mirlânio, Higino
William e Jamisklam
Max, Douglas, Adilino
Décio, Plínio e Etevaldo
Macário, Túlio e Sandino.

Alex, Wilke e Bruno
Kelly, Veruska, Talia
Jessier, Ruan e Kaio
Sunaly, Mirela, Aldria
Taís, Mirtes, Maitê
Nessas listas não se vê
Nem José e nem Maria.

Autor: Zé Bezerra

2 comentários:

helena bezerra de araujo disse...

Você è demais, lembrou-se atè desta falta de nomes que eu nunca despertei pra isso.Eo mais interessante è a nova lista de nomes que crisates.

Mossoró em Foco disse...

quase que morro de rir com tanto nome difícil, fez eu lembrar do pai pobre que foi batizar o filho e quando viu um homem rico batizando o filho dele e colocando o nome de Emílio. De última hora ele quis imitar o homem, e quando o padre perguntou o nome do menino ele disse é "efeijão", o padre disse que não era nome de colocar em criança e ele respondeu: "no filho deste homem o senhor não batizou de Emílio, porque o meu não pode se Efeijão?