sexta-feira, 21 de julho de 2017

VIDA ÚTIL É VIDA FELIZ














Com projetos de vida, a nossa vida
É ativa e está direcionada
Cada etapa cumprida é planejada
E aos poucos vai sendo construída
Com trabalho, se a vida é preenchida
É aí que o prazer envolve a gente
Cada meta atingida é um presente
Que se tem como um ato de grandeza
Nossa felicidade é ter certeza
Que a vida não passa inutilmente.

Na batalha por realizações
Não faltando a coragem pra lutar
Cada dia estando a trabalhar
Caminhando em várias direções
Envolvida na prática das ações
Fica sempre lotada a nossa mente
Cada vez que se dá um passo a frente
Vê-se a luz do futuro sempre acesa
Nossa felicidade é ter certeza
Que a vida não passa inutilmente.

Quando o nosso egoísmo vai sumindo
Cresce em nós a solidariedade
Envolvidos com a comunidade
Bem felizes nós vamos nos sentindo
Novas fases na vida vão surgindo
Brilha um novo horizonte em nossa frente
Com a visão de mundo diferente
Tendo gosto em zelar a natureza
Nossa felicidade é ter certeza
Que a vida não passa inutilmente. 

Autor: Zé Bezerra

segunda-feira, 10 de julho de 2017

O SONHO ACALENTA A ESPERANÇA













O sonho me faz pensar
Em algo que está distante
Aquilo que é relevante
Que talvez possa alcançar
E se chego a conquistar
Mesmo que haja tardança
Encho-me de confiança
Meu ego fica vibrando
Na hora que estou sonhando
Acalento a esperança.

Sonhando vou mais além
Seja acordado ou dormindo
Horizontes vão se abrindo
Planos importantes vêm
Quando a gente sonha tem
Na nossa mente mudança
E a nossa visão alcança
Novo horizonte brilhando
Na hora que estou sonhando 
Acalento a esperança.

Bastante fortalecida
Minha esperança floresce
Vai tomando impulso e cresce
Torna-se planta florida
Que faz bem a minha vida
Dando paz e segurança
Gravo na minha lembrança
Desperto e fico lembrando
Na hora que estou sonhando 
Acalento a esperança.

Se acontecer que o sonho
Transforme-se em pesadelo
Esperando faço apelo
Para isso não me oponho
Posso até ficar tristonho
Mas a autoestima avança
Vem em seguida a bonança
E o mau tempo vai passando
Na hora que estou sonhando
Acalento a esperança.

Autor: Zé Bezerra