domingo, 13 de outubro de 2019

EDUCAR PELOS VALORES

















Neste mundo em que vivemos
Moderno e globalizado
Com tantas mudanças rápidas
Tudo fica transformado
Ao ponto que não se sabe
Qual o rumo a ser tomado.

Muitas vezes as pessoas
Ficam desorientadas
Com tantas informações
Pelas mídias espalhadas
Podendo prejudicá-las
Deixando-as alienadas.

Estamos de vez em quando
Cercados de inverdades
Ficamos encurralados
Pelas falsas amizades
Até pra nossas escolhas
Temos mais dificuldades.

Um combate a isso é feito
Por ações fundamentais
Da família e da escola
Entidades principais
Que são responsáveis pelos
Valores essenciais.

Passando orientações
Feitas de forma serena
Se os efeitos são bons
É isso que vale a pena
Que quem é bem educado
Tem felicidade plena.

Autor: Zé Bezerra

domingo, 29 de setembro de 2019

INFERNO, O QUE É ?












Há pessoas que duvidam
Que o inferno não existe
Mas ele é realidade
Onde o que é ruim persiste
Vejam que o inferno é
A não presença da fé
E onde o bem ninguém faz
Só impera a violência
O inferno é a ausência
De Deus, do bem e da paz.

Toda maldade existente
Em nosso tempo moderno
Todas ações desumanas
Isso compõe o inferno
Esse lugar de abismo
Que abriga o terrorismo
Ódio, guerra e tudo mais
Que abala a nossa existência
O inferno é ausência
De Deus, do bem e da paz.

Onde predomina o mal
A tortura, a opressão
A infâmia, o desrespeito
Intriga e desunião
Mentira e desigualdade
Egoísmo e falsidade
Aí é do satanás
A principal residência
O inferno é a ausência
De Deus, do bem e da paz.

Ausência do amor fraterno
Ausência da amizade
Ausência da esperança
Ausência da caridade
Ausência da alegria
Ausência da empatia
Ausência de bons sinais
De diálogo e paciência
O inferno é a ausência
De Deus, do bem e da paz.

Autor: Zé Bezerra



sexta-feira, 27 de setembro de 2019

TER EMPATIA














Aquele que ama ao próximo
Suas ofensas perdoa
Fica solidário com
A dor da outra pessoa
Mesmo com dificuldade
Sempre faz a caridade
Pelo dom da compaixão
Sempre dá a quem pedir
Ter empatia é sentir
A dor de quem pede um pão.

Não é fácil ser empático
Por ser um dom muito raro
Que manda cuidar do outro
No auge do desamparo
Sentir dele o sofrimento
Amenizando o tormento
O pranto, a desolação
Na hora difícil, agir
Ter empatia é sentir
A dor de quem pede um pão.

Tendo o coração fraterno
Paz e bondade também
Jamais fazer distinção
Disposto a fazer o bem
Nunca ser como uma ilha
Ser favorável à partilha
Combater a exclusão
A voz do pequeno ouvir
Ter empatia é sentir
A dor de quem pede um pão.

É permanecer sensível
Aos reclames do sofrido
Desse sentimento alheio
Estando compadecido
Ajudando a levantar
Sorrir, mas também chorar
Ao fraco estender a mão
Tendo prazer em servir
Ter empatia é sentir 
A dor de quem pede um pão.

Autor: Zé Bezerra

terça-feira, 24 de setembro de 2019

NÃO SER PEDRA DE TROPEÇO















Saiba acolher o idoso
Trate bem toda criança
Tenha atitudes boas
Seja um marco de esperança
Dê bons exemplos ao povo
Sonhe com um mundo novo
Da paz tenha o endereço
E o dê a quem não tem
Nunca seja pra ninguém
Uma pedra de tropeço.

Escute as queixas daqueles
Que de alma dolorida
Declaram que já perderam
Todo o sentido da vida
Dê alento aos fracassados
Anime os desanimados
Ao humilde tenha apreço
Goste de fazer o bem
Nunca seja pra ninguém 
Uma pedra de tropeço.

Seja prudente e evite
Ao outro prejudicar
Se ele estiver caído
Ajude-o a se levantar
Não humilhe uma pessoa
Mesmo ela não sendo boa
Oriente um recomeço
Mostre a chance que ela tem
Nunca seja pra ninguém
Uma pedra de tropeço.

Nunca seja indiferente
Não exiba arrogância
Nunca cause mal estar
Não dê valor a ganância
Nunca ao próximo maltrate
Ao ódio dê combate
Nunca veja o lado avesso
Do amor não fique além
Nunca seja pra ninguém
Uma pedra de tropeço.

Autor: Zé Bezerra

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

HUMANOS DESUMANOS














Seus ataques são ferinos
Com ações destruidoras
Incendiando florestas
Envenenando lavouras
Poluindo o ambiente
Dessa perigosa gente
O planeta é uma presa
Sofrida com tantos danos
Os humanos desumanos
Vão matando a natureza.

Demasiados incêndios
Enormes desmatamentos
Colocam nosso planeta
Em angústias e tormentos
Sofre com inundações
Causando às populações
Desassossego e tristeza
Pelos efeitos tiranos
Os humanos desumanos
Vão matando a natureza.

As secas devastadoras
Que vêm dos tempos remotos
Tornados e furacões
Geadas e terremotos
Ar e água poluídos
Arvoredos destruídos
A fauna está sem defesa
Morrendo ao passar dos anos
Os humanos desumanos
Vão matando a natureza.

Indivíduos insensatos
Fazem ações que destroem
Ervas daninhas que ofendem
Aos cidadãos que constroem
É essa gente perversa
Que age de forma inversa
Com muita indelicadeza
E seus impulsos insanos
Os humanos desumanos
Vão matando a natureza.

Autor: Zé Bezerra

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

UMA GOTA DE ÁGUA PURA






















O que vale é ser cristão
Viver a vida com fé
Pra saber que  o mundo é
Uma casa em construção
Lugar onde cada irmão
Que é de Deus criatura
Deve ter desenvoltura
Na regra do bem viver
Esforçando-se pra ser
Um gota de água pura

Sendo disposto a servir
Sem pensar em ser servido
Estando comprometido
Por boas causas agir
Parar para o outro ouvir
Com atenção e ternura
Mantendo firme  postura
Sabendo ao outro acolher
Isso é preciso pra ser
Uma gota de água pura.

Ter como lema a verdade
Sem ganância, sem cobiça
E praticar a justiça
Defendendo a liberdade
Praticar a  caridade
A ninguém fazer censura
E da Sagrada Escritura
Boas lições aprender
Tudo isso para ser
Uma gota de água pura.

Quem um bom coração tem
Quem sempre promove a paz
Quem as boas coisas faz
Quem é da linha do bem
Quem não ofende a ninguém
Quem na oração perdura
Quem ser honesto procura
Quem se desprende do ter
Quem vive assim tem que ser
Uma gota de água pura.

Autor: Zé Bezerra






sábado, 31 de agosto de 2019

O BOM É SER FELIZ

















O Mário Sérgio Cortella
Filósofo e escritor
Com seu pensamento fértil
Como um grande pensador
De forma sábia ele diz
Que se pode ser feliz
Mesmo em meio ao dissabor.

Mesmo nesse mundo cheio
De tanta adversidade
De infortúnio e mazela
Desamor e crueldade
E um egoísmo graúdo
Mas diante disso tudo
Pode haver felicidade.

Em certas ocasiões
Não dá pra atingir a meta
Porque onde existe fome
E tem gente analfabeta
Se muitos vivem a sofrer
Com isso não pode haver
Felicidade completa.

Mas não podemos achar
Nessa vida transitória
Que as numerosas mazelas
Mudem em nós a trajetória
Nos impedindo sonhar
Com coragem pra lutar
Por conquista e por vitória.

Vê-se que os contratempos
À felicidade abala
Devido a tantos dilemas
É difícil de encontrá-la
Mas se ela a gente quer
Esteja onde estiver
É nosso dever buscá-la.

Autor: Zé Bezerra

sábado, 17 de agosto de 2019

CORAÇÃO VAZIO, CORAÇÃO PESADO



















O coração só parece
Uma caixa bem fechada
Com muita coisa guardada
Cada uma em seu lugar
Mas surgem os sofrimentos
Que a falta de sentimentos
Faz o coração pesar.

Se a pessoa não tem
Capacidade de amar
Pode se desesperar
Amargando o  dissabor
E a própria vida despreza
Coração vazio pesa
Porque lhe falta o amor.

Sem ter sentimento algum
Sem alegria ou tristeza
O coração sem defesa
Sente abalo e calafrio
Porém não sente emoção
Só tem peso o coração
Quando ele está vazio.

Um coração insensível
Só traz sensação amarga
É semelhante uma carga
Que deixa um corpo encurvado
Sem dar um passo seguro
Um coração seco e duro
Só pode é ficar pesado.

Sem amizade e amor
Sem prazer, paz e paixão
Sem pedir ou dar perdão
Sem ações sentimentais
O ser humano é sombrio
E o seu coração vazio
Fica pesado demais.

Autor: Zé Bezerra


terça-feira, 13 de agosto de 2019

EDUCAÇÃO DO LAR





















Deve ser específica obrigação
Para o pai, para a mãe, cuidar dos filhos
Conscientes que existem empecilhos
No entanto, não podem abrir mão
De pra eles doarem educação
Pois criança só é bem educada
Pelos pais sendo bem orientada
Cabe a eles em primeiro lugar
Visto que a educação do lar
Pra ninguém deve ser terceirizada.

Todo pai, toda mãe deve saber
Dessa grande incumbência que eles têm
De criar os seus filhos para o bem
Pois é fundamental esse dever
A criança no lar vai receber
Instruções que a deixam preparada
Na escola é só complementada
Toda a formação familiar
Visto que a educação do lar
Pra ninguém deve ser terceirizada.

É preciso os pais admitirem
Que são eles os primeiros professores
Mesmo diante da crise de valores
Desse encargo não podem se omitirem
Não é aconselhável dividirem
Com babás ou avós essa empreitada
Mesmo que seja a carga tão pesada
Só os dois é que devem transportar
Visto que a educação do lar
Pra ninguém deve ser terceirizada.


Autor: Zé Bezerra




segunda-feira, 12 de agosto de 2019

O PAPEL DO PAI

















O papel de ser pai é valioso
Que do lar é o coordenador
Responsável maior pela família
Ele não é apenas genitor
Mais que isso precisa ser a âncora
Da esposa e dos filhos com amor.

Se o pai tem responsabilidade
Ao lado da sua companheira
Dando para os filhos bons exemplos
Com postura serena e verdadeira
Certamente inclui sua família
No caminho do bem a vida inteira.

Se a paternidade é exercida
Sem haver negligências, nem desvios
Relacionamentos na família
São consequentemente bem sadios
Essas forças serão imprescindíveis
Para quando surgirem os desafios.

Pela fé, compromisso e consciência
Sabe o pai o caminho por onde vai
Motivado a cumprir os seus deveres
O que for negativo não lhe atrai
E ao lado da esposa desempenha
O papel importante de ser pai.

Autor: Zé Bezerra

domingo, 11 de agosto de 2019

NÃO SEJA ASSIM

















Vangloriar-se é um ato
Que não merece elogio
Quem possui caráter e brio
Tem atitude decente
Vê nisso um grande defeito
Não se orgulhe em ser perfeito
Nem autossuficiente.

Parecem ser descabidos
Os gestos de ostentação
A autoafirmação
Não a faz quem é prudente
Não se age desse jeito
Não se orgulhe em ser perfeito
Nem autossuficiente.

Julgar-se melhor que os outros
Mais competente e capaz
Deixando alguém para trás
Estar de todos  à frente
Pra ser dono do direito
Não se orgulhe em ser perfeito
Nem autossuficiente

Diga não a arrogância
Diga sim a humildade
Com senso de igualdade
Fraterno e resiliente
Pra viver mais satisfeito
Não se orgulhe em ser perfeito
Nem autossuficiente.

Não se exceda na vaidade
Não discrimine ninguém
Não decepcione alguém
Não se torne inconsequente
Não cultive o preconceito
Não se orgulhe em ser perfeito
Nem autossuficiente.

Autor: Zé Bezerra



sexta-feira, 2 de agosto de 2019

AFOGANDO-SE NOS DEVANEIOS






















Passando pela floresta
Vê-se as belas paisagens
Com fulgurantes imagens
Do brilho dos pirilampos
Refletindo sobre os montes
Decorando os horizontes
No amplo espaço dos campos.

Seja em tempo de estio
Ou no período chuvoso
Em terreno sinuoso
E mesmo em planície infinda
De gleba interiorana
Numa chapada serrana
A mata é sempre mais linda.

Olhando o alvorecer
Antes do nascer do sol
O imponente farol
Que mais esmera beleza
Com seu brilho incandescente
Isso tudo faz a gente
Amar mais a natureza.

Ouvindo o coral dos pássaros
Em bela polifonia
De átomos de poesia
 Os pensamentos são cheios
E ali com toda calma
O poeta afoga a alma
Em profundos devaneios.

Autor: Zé Bezerra





quarta-feira, 24 de julho de 2019

A VIDA TEM QUE SEGUIR






















A vida é sempre marcada
Por causas e consequências
Situações de equilíbrio
Quedas ou deficiências
Isso e outras coisas mais
São aspectos reais
Que estão sempre a surgir
Pra calado ou linguarudo
Mas diante disso tudo
A vida tem que seguir.

Tem que ser continuada
A trajetória da vida
Os desafios não fazem
Ela ser interrompida
Com abalos, solavancos
Entre trancos e barrancos
Para a frente tem que seguir
E assim não recuará
Cada dia que Deus dá
A vida tem que seguir.

Mesmo as adversidades
Casando algum embaraço
A existência prossegue
Dia a dia, passo a passo
É bom cada um saber
Que o importante é viver
Tendo o foco no porvir
Sem afastar-se dos trilhos
Diante dos empecilhos
A vida tem que seguir.

Todos sabem que a vida
Não é só glória e prazer
Se há fracasso e derrota
Mas o que vale é viver
Entre tormenta e procela
O importante é que dela
Não se pode desistir
De desconforto e ânsias
Em todas as circunstâncias
A vida tem que seguir.

Autor: Zé Bezerra

sábado, 20 de julho de 2019

O BOM É TER AMIGOS
















Algo bem importante é ter amigos
Em qualquer uma fase da idade
Isso só fortalece as relações
Para consolidar a amizade.

Amizade é autêntico sentimento
Do qual surgem as atitudes boas
Elo que dá a estabilidade
Ao convívio fraterno entre as pessoas.

No lugar que a amizade está escassa
Pode haver iminência de perigos
Uma vida é muito mais tranquila
Quando é bem vivida entre amigos.

Se a humanidade entendesse
Que o valor de um amigo é tão profundo
Jamais se descuidava da amizade
Já que ela faz bem a todo mundo.

Autor: Zé Bezerra

quinta-feira, 18 de julho de 2019

O TRABALHO SÓ FAZ BEM
















O trabalho nos faz bem
Dele cada um precisa
Além de imprescindível
Ele é quem nos realiza
Em todo e qualquer lugar
Todos devem trabalhar
Para a vida ser mantida
Organizada e sadia
O trabalho encurta o dia
Mas faz prolongar a vida.

Precisamos trabalhar
Pra garantir o sustento
A manutenção diária
Vestimenta e alimento
Trabalhar é necessário
Pelo trabalho, o salário
É quem remunera a lida
E nos dá autonomia
O trabalho encurta o dia
Mas faz prolongar a vida.

Sem o trabalho ninguém
Possui estabilidade
Quem vive desocupado
Sem responsabilidade
É como um morto vivo
Não possui objetivo
Sente a matéria abatida
Ficando a  alma vazia
O trabalho encurta o dia
Mas faz prolongar a vida.

Pelo trabalho, a pessoa
Tem a vida prolongada
Trabalhando é que se vai
Avante na caminhada
Sempre estando a trabalhar
Não vê-se o tempo passar
Se a jornada é comprida
Mas dá gosto e alegria
O trabalho encurta o dia
Mas faz prolongar a vida.

Autor: Zé Bezerra




domingo, 7 de julho de 2019

MULHER: DA INVISIBILIDADE AO PROTAGONISMO

















Antes a mulher não tinha
Nenhuma oportunidade
De sair e fazer parte
Da vida em sociedade
Realmente mergulhada
Na invisibilidade.

Uma grande diferença
Tem a mulher hoje em dia
Desenvolvendo seus dons
Com garra e com maestria
Após conquistar aos poucos
A sua autonomia.

Antigamente a mulher
Tinha que ser dominada
Ainda adolescente
A casar era obrigada
Pra fazer lutas de casa
Criar menino e mais nada.

Atualmente as mulheres
São autênticas, são guerreiras
Lutando ao lado dos homens
Ultrapassam as fronteiras
Conquistando seus espaços
Quebraram muitas barreiras.

Em total escravidão
Antes a mulher vivia
Tratada como objeto
Só para o sexo servia
Pouco saía de casa
E estudar não podia.

Hoje a mulher apresenta
Ao mundo, o quanto é capaz
Sua inteligência brilha
É dinâmica no que faz
Pela Constituição
Tem seus direitos iguais.

Outrora a mulher sofria
Muita discriminação
De tudo ficava fora
Até da religião
Em nada ela podia
Dar a sua opinião.

Felizmente hoje em dia
Ela alcança o que quer
Batalha por um direito
Vai buscá-lo onde tiver
Pois são inquestionáveis
Os direitos da mulher.

No passado as mulheres
Dos ricos e dos plebeus
Eram desvalorizadas
Em todos os atos seus
De forma como se elas
Não fossem filhas de Deus.

Em nosso tempo a mulher
Exerce qualquer função
Tem destaque na política
E em qualquer profissão
Nas artes e no esporte
É orgulho pra nação.

Enfim, na época passada
A mulher só procriava
Não lia, não escrevia
Crescia e não estudava
Se fosse esposa de um rico
Era uma patroa escrava.

Agora a mulher é livre
Superou todo o machismo
Quebrou antigas correntes
Lá do patriarcalismo
Deu um salto de verdade
DA INVISIBILIDADE
PARA O PROTAGONISMO.

Autor: Zé Bezerra

sexta-feira, 28 de junho de 2019

SONHAR MAIS, RECORDAR MENOS















Desejo fazer bons planos
Pra caminhar mais seguro
Pelos incertos caminhos
Que me levam ao futuro
Enquanto vou caminhando
Cada passo que vou dando
É pra tomar decisões
Frente aos meus ideais
Eu prefiro sonhar mais
Do que ter recordações.

A vida tem que ter sonhos
Pra transformar em projetos
Se fazemos isso somos
Verdadeiros arquitetos
Com nossas metas traçadas
Ao serem executadas
Trazem realizações
Esses são ótimos sinais
Eu prefiro sonhar mais
Do que ter recordações. 

Sonho gera expectativas
É meio caminho andado
Já recordar é dar mais
Atenção para o passado
Em sonhar ou recordar
É preferível sonhar
Pra depois fazer ações
Quem pensa bem assim faz
Eu prefiro sonhar mais 
Do que ter recordações.

Quando eu apenas recordo
Realimento a lembrança
No entanto, quando sonho
Fortaleço a esperança
Recordação traz saudade
Sonho desperta a vontade
Para tomar decisões
E da vitória ir atrás
Eu prefiro sonhar mais 
Do que ter recordações.

Autor: Zé Bezerra






terça-feira, 25 de junho de 2019

O QUE VEM DE DEUS















Florestas e cachoeiras
O oceano azulado
São maravilhas que Deus
No mundo tem colocado
Do universo a beleza
O brilho da natureza
Coisas que o homem não faz
Deus as fez com muito amor
Tudo vem do Criador
O QUE VEM DE DEUS TRAZ PAZ.

De Deus vem a liberdade
A esperança também
A união, a concórdia
A justiça e todo o bem
O bem-querer, a bondade
O respeito, a amizade
Tudo isso é Deus quem traz
Com o seu amor profundo
Aos quatro cantos do mundo
O QUE VEM DE DEUS TRAZ PAZ.

As coisas que vêm de Deus
Dos homens mudam os planos
Provocam transformações
Em muitos seres humanos
As divinas diretrizes
Proclamam que são felizes
Os que vivem como iguais
Os mansos, os perseguidos
Por Ele são preferidos
O QUE VEM DE DEUS TRAZ PAZ.

De Deus provém a ternura
A luz, a felicidade
A graça, a resiliência
A paz, a serenidade
A alegria está Nele
E com certeza vem Dele
As virtudes principais
Os bens, os dons, os talentos
Pois em todos os momentos
O QUE VEM DE DEUS TRAZ PAZ.

Autor: Zé Bezerra

sexta-feira, 14 de junho de 2019

UMA DOSE DE AMOR
















Os afazeres diários
Os faça sem reclamar
Tenha boa autoestima
Para não desanimar
Se faltar a paciência
Aja com resiliência
Não se deixe esmorecer
Para não sentir temor
Ponha uma dose de amor
Naquilo que vai fazer.

A lida cotidiana
Feita de formas amáveis
Com certeza os resultados
Tendem a ser agradáveis
E bastante positivos
Então são esses motivos
Que fazem cada um ter
Um papel acolhedor
Ponha uma dose de amor
Naquilo que vai fazer.

Realize seu trabalho
Conservando o otimismo
Para aperfeiçoar
Seu profissionalismo
Derrame suor do rosto
Mas atue com bom gosto
Com interesse e prazer
Em todo lugar que for
Ponha uma dose de amor
Naquilo que vai fazer.

Mesmo certo que você
Tem qualidade e defeito
Mas dentro de seus limites
O que faz, faça bem feito
Agindo com compromisso
Certamente seu serviço
Pode se desenvolver
Com garantia e valor
Ponha uma dose de amor
Naquilo que vai fazer.

Autor: Zé Bezerra

quinta-feira, 13 de junho de 2019

MEDO DE MORRER















Uma professorinha da cidade
Que é inteligente e é bonita
Vez por outra está ficando aflita
E se vai a uma festa é sem vontade
Cria embargos em sua liberdade
Fica em casa e não sai para um lazer
Se em algum momento adoecer
Já começa a ficar aperreada
Cada dia ela está mais assustada
Porque morre de medo de morrer.

Sua superstição é muito forte
Isso nela instalou-se muito cedo
Sempre foi afetada pelo medo
Que diariamente dá-lhe o corte
Quando escuta alguém falar em morte
Suas pernas começam a tremer
O seu rosto a empalidecer
Igual uma pessoa desmaiada
Cada dia ela está mais assustada
Porque morre de medo de morrer.

Faz de tudo pra não ficar doente
Ao seu corpo faz superproteção
Não viaja em carro ou avião
Não quer ver uma moto em sua frente
Tudo para evitar um acidente
Por seu gosto cem anos vai viver
Diz que a sua existência era pra ser
Dentro duma redoma colocada
Cada dia ela está mais assustada
Porque morre de medo de morrer.

Autor: Zé Bezerra


quinta-feira, 6 de junho de 2019

SAUDAÇÃO AO Pe. ANTONIEL



















Neste santo domingo da Ascensão
Em que Cristo ao céu foi elevado
Bem depois de haver ressuscitado
Volta para a celestial mansão
Hoje Antoniel volta ao seu chão
E preside sua missa primeira
Motivado pela fé verdadeira
Em Deus Pai, Deus conosco Emanuel
Parabéns ao padre Antoniel
E a comunidade da Trincheira.

Todos sabem aqui foi o local
Onde Antoniel adolescente
Mostrou ter uma vocação crescente
Veio do alto esse dom especial
E a ordenação presbiteral
Torna a sua missão mais altaneira
Pra servir a um reino sem fronteira
Como Elias, Ageu e Daniel
Parabéns ao padre Antoniel
E à comunidade da Trincheira.

Todos já aguardavam este dia
É por isso que juntos aqui estamos
E com Antoniel nós celebramos
Os mistérios da Santa Eucaristia
Esse clima de fé e alegria
Espalhou -se na diocese inteira
E que Santa Luzia, a padroeira
Dê a ele a proteção fiel
Parabéns ao padre Antoniel
E a comunidade da Trincheira.

Bem felizes estão os seus avós
Irmãos, tios, seus primos e seus pais
Nosso bispo está feliz demais
Todo o clero e cada um de nós
Porque Antoniel tem vez e voz
E a Bíblia é a sua companheira
A Palavra de Deus é a bandeira
Que o faz na missão seguir fiel
Parabéns ao padre Antoniel
E a comunidade da Trincheira.

Todos conhecemos quem é ele
O seu entusiasmo e persistência
Sua fé, compromisso, inteligência
Essas características estão nele
" Digam que o Senhor precisa dele"
Como um jumentinho sem canseira
Pra descer e subir qualquer ladeira
Mesmo a terra não tendo leite e mel
Parabéns ao padre Antoniel
E à comunidade da Trincheira.

Autor: Zé Bezerra

quinta-feira, 30 de maio de 2019

A PERMANÊNCIA DOS SONHOS














A idade prolongada
Tem importante valor
Se vivida com amor
É plena e abençoada
Torna a pessoa animada
Alegre e descontraída
E a mente sã dá guarida
Pra que os pensamentos cresçam
E os sonhos permaneçam
Na melhor fase da vida.

Viver com felicidade
O nosso tempo presente
Altivo e resiliente
Priorizando a verdade
Promovendo a liberdade
Na jornada percorrida
Mostrando a feliz saída
Pra que os outros conheçam
E os sonhos permaneçam
Na melhor fase da vida.

A fé é força motriz
Preservando a existência
Bom nível de consciência
Pra ser de si o juiz
Para a vida estar feliz
Ela tem que ser vivida
Pautada em boa medida
Pra que os planos não pereçam
E os sonhos permaneçam
Na melhor fase da vida.

Tendo-se o senso maduro
Podemos ser precavidos
Com passos bem dirigidos
No caminho do futuro
Chegar a um porto seguro
É meta estabelecida
E que nas ações da lida
Ideais não desfaleçam
E os sonhos permaneçam 
Na melhor fase da vida.

Autor: Zé Bezerra

terça-feira, 28 de maio de 2019

PRA COMEÇAR BEM O DIA
















Ore agradecendo a Deus
Pelo grande dom da vida
Tenha a fé fortalecida
Sinta em si essa energia
Nos bons pensamentos seus
Entregue-se para Deus
Pra começar bem o dia.

Depois erga-se da cama
Aqueça o corpo e a mente
Prepare-se fisicamente
Caminhe na hora fria
Faça com satisfação
A primeira refeição
Pra começar bem o dia.

Em seguida inicie
As suas atividades
As responsabilidades
Assuma com primazia
Tendo em Deus a confiança
Revestido de esperança
Pra começar bem o dia.

Organize sua agenda
Deixando-a bem flexível
Realize o que é possível
Aja com sabedoria
E claro ponto de vista
Procure ser otimista
Pra começar bem o dia.

Com esforço para ter
Um ideal positivo
Foque um bom objetivo
Persiga-o com alegria
Tendo tudo planejado
Seja firme e animado
Pra começar bem o dia.

Mantenha boa autoestima
Esteja com bom humor
Mantenha em si o amor
Esteja com empatia
Mantenha a vida florida
Esteja bem com a vida
Pra começar bem o dia.

Autor: Zé Bezerra




domingo, 26 de maio de 2019

ATOS COVARDES E PERVERSOS














O sadismo em certa gente
Ninguém vê diminuir
E nos que  praticam o mal
Fazendo isso a sorrir
Têm gênio de satanás
Quem maltrata os animais
Só para se divertir.

Tendo o  instinto cruel
Tomado de insensatez
Age com perversidade
Em qualquer dia do mês
Essa marca quem imprime
Está cometendo um crime
De tamanha estupidez.

Vê-se nas rinhas de galo
Essa prática acontecer
Animais são confrontados
Muitos torcem com prazer
E com estranhos caprichos
Atiçam aqueles dois bichos
Pra brigar até morrer.

Outra grande crueldade
Que deixa a alma em conflito
É o mal que alguém faz
De um jeito muito esquisito
Com covardia aos molhos
Furando de um pássaro, os olhos
Pra ele cantar bonito.

Outro absurdo é o tráfico
Feito com os animais
Ao ser contrabandeados
São judiados demais
Abala-se a natureza
Com mais essa malvadeza
Que o ser humano faz.

Esses crimes com frequência
Estão sendo cometidos
Contra animais indefesos
Que aos poucos são extinguidos
Denúncias tem que haver
Criminosos devem ser
Severamente punidos.

Autor: Zé Bezerra




quinta-feira, 23 de maio de 2019

ENGANCHADOS DA INTERNET





















O engancho está visível
Naqueles que se viciam
Eles se autoaliciam
Na prática que se repete
Intensa e continuada
Tem muita gente enganchada
Nos cipós da internet.

O raciocínio lógico
Pode ficar afetado
O senso é bombardeado
Isso em muito compromete
A pessoa viciada
Tem muita gente enganchada
Nos cipós da internet.

Mensagens no WhatsApp
São sessenta por minuto
Esse dado absoluto
Nem precisa ser manchete
É coisa banalizada
Tem muita gente enganchada 
Nos cipós da internet.

Tem gente que fica online
Logo ao amanhecer
Esquece até de comer
Tem vez que se intromete
Caindo numa enrascada
Tem muita gente enganchada 
Nos cipós da internet.

Muitos esquecem do mundo
Grudados no celular
Não veem o tempo passar
Uns agem como pivete
Praticando coisa errada
Tem muita gente enganchada
Nos cipós da internet.

Autor: Zé Bezerra


segunda-feira, 20 de maio de 2019

POUCOS ACREDITAM





















Vendo como está nosso país
No contexto político atual
Toda a classe política está mal
Todo o povo observa isso e diz
A nação não vê uma diretriz
Que indique alguma novidade
Não há como esconder essa verdade
É difícil encontrar uma saída
Toda a classe política é atingida
Pela crise de credibilidade.

Uma crise que só faz aumentar
E assim vão crescendo os desafios
Porque esses políticos arredios
Estão longe de nos representar
É difícil demais acreditar
Nessa tal representatividade
É inquestionável essa verdade
Que às vezes nem é mais discutida
Toda a classe política é atingida
Pela crise de credibilidade.

É notória, visível e abrangente
Nos prefeitos e nos vereadores
Nos ministros e nos governadores
Senador, deputado e presidente
Que em todos, o povo está descrente
Rejeição é em alta quantidade
Baixo índice de popularidade
Todos vão amargando a recaída
Toda a classe política é atingida
Pela crise de credibilidade.

Autor: Zé Bezerra

segunda-feira, 29 de abril de 2019

ASSIM É QUE SE EDUCA



















Não é superprotegendo
Que se educa a criança
Bom resultado se alcança
Se soubermos conduzir
A vida do educando
Só se educa ensinando 
A pensar antes de agir.

Quando a prática contribui
Para um pensar consciente
O trabalho do docente
Aos poucos vai fluir
Com o discente mudando
Só educa ensinando
A pensar antes de agir.

Educar bem quer dizer
Formar personalidade
Expandir a liberdade
Para o senso evoluir
No tempo que vai passando
Só se educa ensinando
A pensar antes de agir.

Transmitir as instruções
Sem tolher o pensamento
No trabalho estar atento
Para nunca coagir
Quem permanece estudando
Só se educa ensinando
A pensar antes de agir.

Portanto você que educa
Seja a grandes ou pequenos
Pensando eles erram menos
Porque sabem distinguir
O quê, onde, como e quando
Só se educa ensinando
A pensar antes de agir.

Autor: Zé Bezerra

















sexta-feira, 26 de abril de 2019

A INIMIGA DA VERDADE















Toda hora nos chegam informações
De pessoas mal intencionadas
Porque são desprovidas de escrúpulo
Disseminam notícias maquiadas
Pra por meio das redes sociais
Velozmente elas sejam espalhadas.

São diversas pessoas enganadas
Sejam jovens, adultas ou idosas
Que inexperientes acreditam
Em tantas fake news astuciosas
Pra depois facilmente serem vítimas
De inúmeras notícias mentirosas.

São demais as mensagens enganosas
Muitas vezes gerando espalhafatos
Decorrentes de ações maquiavélicas
Feitas por indivíduos insensatos
Que ofendem intencionalmente
A quem crê em mentiras e boatos.

Mentirosos são todos esses fatos
Transmitidos com dolo e com maldade
Cabe a nós sermos mais acautelados
E não dar tanta credibilidade
Para a tal fake news porque é ela
A maior inimiga da verdade.

Autor: Zé Bezerra

domingo, 21 de abril de 2019

O ALELUIA














A Igreja canta ao mundo
Sua alegria pascal
Pela vitória de Cristo
Soberana e triunfal
Essa singular vitória
Fruto da sublime glória
Que dissemina alegria
Desde à terra ao infinito
O aleluia é o grito
Que sai da tumba vazia.

Jesus ao ressuscitar
Deixa o povo admirado
Nem os seus creram no que
Ele havia anunciado
Com tanto medo e tensão
Segue-se a ressurreição
Logo ao terceiro dia
Do mais tremendo conflito
O aleluia é o grito
Que sai da tumba vazia.

Ecoa ao longo dos tempos
Esse grito universal
De uma alegria infinda
Abrangente e sem igual
Celebrada entre os cristãos
Que numa festa de irmãos
A Páscoa é quem irradia
Um tempo novo e bendito
O aleluia é o grito
Que sai da tumba vazia.

Jesus ao vencer a morte
Atinge o objetivo
Depois que desce ao Sheol
Sobe sai do túmulo vivo
Com a fé fortalecida
Renovemos nossa vida
Agora e no dia a dia
Num tempo novo e bonito
O aleluia é o grito
Que sai da tumba vazia.

Autor: Zé Bezerra






sexta-feira, 19 de abril de 2019

GUINADA DA PÁSCOA
















Depois que passa a quaresma
De penitência e perdão
Tempo da transformação
A Páscoa, vem pela frente
Para a fé revigorar
A Páscoa vem para dar
Uma guinada na gente.

A Páscoa é ressurreição
É alegria e vitória
Tempo especial de glória
Jesus vive novamente
Depois de ressuscitar
A Páscoa vem para dar
Uma guinada na gente.

O Espírito nos impele
Para a vida renovada
Jesus aponta a estrada
Que espiritualmente
Faz nossa vida brilhar
A Páscoa vem para dar
Uma guinada na gente.

A páscoa está nos propondo
Viver uma nova vida
Com a paz comprometida
E o amor mais presente
Na família, em cada lar
A Páscoa vem para dar
Uma guinada na gente.

Jesus representa em nós
Graça, luz e confiança
Fé, oração, esperança
Mansidão e paz presente
Alegria e bem - estar
A Páscoa vem para dar
Uma guinada na gente.

Autor: Zé Bezerra

domingo, 14 de abril de 2019

ALMA PEQUENA















Qualquer uma ação injusta
Que a pessoa pratica
Sua personalidade
Muito apequenada fica
Todo ato desumano
Que ao outro causa dano
Será prejudicial
Ao ator dessa cena
A alma fica pequena
Pelos efeitos do mal.

Sempre é constrangimento
Dentro da comunidade
Quando as pessoas agem
Com espírito de maldade
Suas ações prejudicam
Muitos desgostosos ficam
Por existir gente igual
Uma dose que envenena
A alma fica pequena
Pelos efeitos do mal.

Quem ofende ao seu próximo
Quem desrespeita um idoso
Quem fala mal das pessoas
Quem pratica ato maldoso
Quem não possui paciência
Quem age com violência
Quem ao outro é desleal
Quem julga mal e condena
A alma fica pequena
Pelos efeitos do mal.

Autor: Zé Bezerra





domingo, 31 de março de 2019

OS MALES DO ÓDIO

Quem vive sentindo ódio
Tem o coração fechado
Pra todo lugar que vai
Só encontra intrigado
Leva uma vida sem paz
E com os que o bem faz
Não tem aproximação
Enche de conflito a vida
O ódio é uma ferida
Que devora o coração.

Julgando mal as pessoas
De propósito as condena
Pelo falso testemunho
A qualquer um envenena
Gosta de prejudicar
Agredir, esculachar
E humilhar seu irmão
Negando água e comida
O ódio é uma ferida
Que devora o coração.

Quem odeia só quer ver
O outro em desvantagem
A pessoa assim possui
Comportamento selvagem
Quem tem ódio é invejoso
Grosseiro e ambicioso
Por tudo faz confusão
Das coisas certas duvida
O ódio é uma ferida
Que devora o coração.

O ódio é perigoso
Porque consegue acabar
A capacidade que
Tem a pessoa de amar
Odiar é perseguir
Menosprezar, oprimir
É agir na intenção
De ver a paz destruída
O ódio é uma ferida
Que devora o coração.

Autor: Zé Bezerra



sábado, 30 de março de 2019

SENTIMENTOS DESUMANOS

Quem está desprovido de amor
Com o ódio atingindo o coração
Por ninguém jamais sente compaixão
Sente em si os impulsos do rancor
Só as coisas erradas dá valor
Age com o instinto de maldade
Quer até impedir a liberdade
De quem luta com muita persistência
Egoísmo, ganância e violência
Descaracterizam a humanidade.

O humano se torna desumano
Afetado por mau comportamento
De um ganancioso e avarento
A maldade é crescente a cada ano
Todo psicopata é tirano
Desenvolve ações de crueldade
Um assim não cultiva amizade
Que somente ao mal dá preferência
Egoismo, ganância e violência
Descaracterizam a humanidade.

Indivíduos cruéis são insensatos
E assim possuídos de sadismo
Tendo a febre anormal do egoismo
Violentos´procuram desacatos
Pelas atrocidades e maus tratos
E requintes da vil perversidade
Não respeitam nem quem tem alta idade
Quando querem aplicar a truculência
Egoismo, ganância e violência
Descaracterizam a humanidade.

Autor: Zé Bezerra





QUEM AMA SOFRE

Entende-se que o amor
É o maior sentimento
E por ser assim tão grande
Nele está o sofrimento
Quem ama alguém não esquece
O seu coração padece
Só basta longe ficar
De quem é seu bem querer
Se você não quer sofrer
Então desista de amar.

O coração de quem ama
Pode até ser sofredor
Só porque está amando
Fica passível de dor
Diariamente sofre
Além de tudo é um cofre
Propenso a acumular
Coisas ruins sem querer
Se você não quer sofrer
Então desista de amar.

O ato de amar é visto
Como um processo instável
Uma hora é aprazível
Outra é desagradável
Quando o coração se inflama
Atormenta quem reclama
Porque não quer suportar
Ao sentir ele doer
Se você não quer sofrer
Então desista de amar.

Saiba você que amando
Podem surgir as surpresas
Que sejam preocupantes
Por gerarem incertezas
E uma série de conflitos
Esses climas esquisitos
Costumam aparecer
Se você não quer sofrer
Então desista de amar.

Autor: Zé Bezerra










domingo, 24 de março de 2019

DEUS VEM AO NOSSO ENCONTRO













Para a salvação de todos
Deus manda o Filho Jesus
Cheio de poder e glória
É Ele do mundo a luz
Pregando amor e esperança
É do Pai a aliança
Com os homens permanente
Só veio ensinar o bem
Deus ao nosso encontro vem
Não fica esperando a gente.

Deus através de Jesus
Mostra o reino da verdade
Da justiça e do direito
Da paz e da liberdade
Fica contra os poderosos
Detona os gananciosos
Defende o pobre indigente
Sem discriminar ninguém
Deus ao nosso encontro vem
Não fica esperando a gente.

Ao longo do tempo Deus
Se interessa por nós
Por sua palavra escrita
Conhecemos sua voz
No momento em que pecamos
Dele nós nos afastamos
Quando o mal se faz presente
Essa culpa todos têm
Deus ao nosso encontro vem
Não fica esperando a gente.

Deus é amor infinito
De nós quer sempre estar perto
Nos resgata quando estamos
Perdidos pelo deserto
É nosso dever cristão
Buscarmos a conversão
E amá-lo fielmente
Amando ao próximo também
Deus ao nosso encontro vem
Não fica esperando a gente.

Autor: Zé Bezerra

terça-feira, 19 de março de 2019

O QUE GERA A VIOLÊNCIA
















Infelizmente as barbáries
Acontecem com frequência
Porque é assustadora
A onda de violência
Que chega a muitos lugares
Causando enormes pesares
Que deixam com o terror
A humanidade assustada
A violência é gerada
Pela falta de amor.

As pessoas que não amam
Têm o coração vazio
Um comportamento estranho
Agressivo e doentio
Tomadas pela maldade
Cheias de perversidade
Vivem a causar pavor
Só praticam coisa errada
A violência é gerada
Pela falta de amor.

Onde o amor não existe
O ódio é quem predomina
E são consequências disso
Assalto, estupro, chacina
Massacre, espancamento
Provocando sofrimento
Nas vítimas de um agressor
Que de humano não tem nada
A violência é gerada
Pela falta de amor.

Quem ama é tolerante
Quem ama  faz ação boa
Quem ama ajuda ao carente
Quem ama ao outro perdoa
Quem ama não discrimina
Quem ama o bem ensina
Quem ama ameniza a dor
Quem ama a Deus agrada
A violência é gerada
Pela falta de amor.

Autor : Zé Bezerra

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

NÃO VIVA NA ESCURIDÃO
















Você engana a si mesmo
Na hora que está mentindo
Isso só vai denegrindo
Sua personalidade
E só ao mal  lhe conduz
Não apague sua luz
Com mentira e falsidade.

A pessoa que é falsa
De amar é incapaz
Muitas artimanhas faz
Pra faltar com a verdade
Ao respeito não faz jus
Não apague sua luz
Com mentira e falsidade.

Sem cometer esse erro
A vida é iluminada
Pela ética realçada
Com brilho de honestidade
Onde o caráter reluz
Não apague sua luz
Com mentira e falsidade.

Não viva na escuridão
Não queira enganar ninguém
Não se distancie do bem
Não dê lugar à maldade
Não se afaste de Jesus
Não apague sua luz
Com mentira e falsidade.

Autor: Zé Bezerra


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

ONDE EXISTE VONTADE
















A vida é a caminhada
Que se faz diariamente
Viver é seguir em frente
Com os outros ou sozinho
Mesmo com dificuldade
Onde existe vontade
Aí está o caminho.

A medida que os sonhos
Começam acontecendo
Os desejos vão crescendo
Às vezes devagarinho
Mas em continuidade
Onde existe vontade
Aí existe o caminho.

Se a vontade é crescente
A estrada não termina
A esperança ilumina
Tudo se faz com alinho
Com critério e liberdade
Onde existe vontade
Aí existe o caminho.

As ideias vão surgindo
E depois são planejadas
Metas são realizadas
Se o plano não é mesquinho
O êxito é realidade
Onde existe vontade
Aí existe o caminho.

Onde existe persistência
Onde existe esperança
Onde existe confiança
Onde existe a paz pertinho
Onde existe igualdade
Onde existe vontade
Aí existe o caminho.

Autor: Zé Bezerra


terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

NOITES TURVAS DA VIDA













Desde o nascimento à morte
No percurso da existência
Na vida há empecilhos
Sempre pela consequência
Dos problemas que existem
No entanto, os que persistem
Vão achando uma saída
Diante das interfaces
Amenizando os impasses
Das noites turvas da vida.

Em meio as peripécias
Os dilemas, os fracassos
Ao longo da trajetória
Vão aparecendo espaços
Uns podem ser favoráveis
Já outros são inviáveis
Deixando a carga pendida
Em situação apática
Por causa da problemática
Das noites turvas da vida.

Noites turvas são problemas
Que geram dificuldades
São os tombos, são as quedas
São as adversidades
Mas se você possui fé
Pode manter-se de pé
Agindo de fronte erguida
Com enérgicas decisões
Pra resolver as questões
Das noites turvas da vida.

Quando surgem infortúnios
Os sofrimentos aumentam
Os que isso vivenciam
Horas difíceis enfrentam
Pessoas amarguradas
As que são desanimadas
Têm a matéria abatida
E sorumbáticos semblantes
Pelos desgastes constantes
Das noites turvas da vida.

Autor: Zé Bezerra




sábado, 9 de fevereiro de 2019

QUANDO VOCÊ SE MOVE...
















É na dinâmica da vida
Que surgem inovações
Na luta em busca de algo
Há as movimentações
Se alguém ficar parado
Aí nenhum resultado
Desse jeito não alcança
Consegue as coisas quem tenta
Se você se movimenta
Vai acontecer mudança.

Você vai fazendo história
Na medida que trabalha
Que se mexe, que se esforça
Que vai corrigindo falha
Nas suas imperfeições
Quando toma decisões
Sai do recuo e avança
Dispensando marcha lenta
Se você se movimenta
Vai acontecer mudança.

Buscando conhecimentos
Para enriquecer a mente
A partir daí a vida
Começa a ser diferente
Porque a cada segundo
A sua visão de mundo
É mais profunda e se lança
No que melhor lhe orienta
Se você se movimenta
Vai acontecer mudança.

Quando se aprende mais
Os saberes evoluem
Nossas incapacidades
Aos poucos diminuem
Amplia-se a inteligência
O nível de consciência
Desvenda qualquer nuança
Nova aurora se apresenta
Se você se movimenta
Vai acontecer mudança.

Se você prepara a terra
Se você planta a semente
Se você não quer mesmice
Se você faz diferente
Se você tudo planeja
Se você o bem deseja
Se você faz aliança
Se você pensa e inventa
Se você se movimenta
Vai acontecer mudança.

Autor: Zé Bezerra





sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

MAIS UM ASTRO QUE SE APAGA














Outro vate que chega ao fim da vida
João Batista Bernardo, João Furiba
Morreu em Cajazeiras, Paraíba
Após uma existência tão comprida
Aos cem de idade fez partida
Trinta e um de janeiro foi o dia
Em dois mil dezenove a cantoria
Tem desfalque de mais um componente
Mais um astro imbatível no repente
Apagou-se no céu da poesia.

Cantador com perfil de campeão
Vencedor de diversos festivais
Em espaços urbanos e rurais
O Furiba foi sempre uma atração
Seu talento e sua inspiração
Encantavam a quem lhe assistia
Provocava no público alegria
Com o seu jeito cômico, irreverente
Mais um astro imbatível no repente
Apagou-se no céu da poesia.

Figurou entre os grandes cantadores
Ao som da viola um baluarte
No desenvolvimento dessa arte
Soube representar os seus valores
Agradou camponeses e doutores
Com os bons improvisos que fazia
Ele cantava bem e só mentia
Para descontrair o ambiente
Mais um astro imbatível no repente
Apagou-se no céu da poesia.

João Furiba foi um pernambucano
Contemplado com grande inteligência
Começou a cantar na adolescência
Foi crescendo na arte a cada ano
Formou dupla com João Paraibano
Enfrentou Bule Bule da Bahia
Vila Nova, Xudu e Zé Maria
Louro Branco, Cotinha e Zé Vicente
Mais um astro imbatível no repente
Apagou´-se no céu da poesia.

Autor: Zé Bezerra



quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

METAFORIZANDO












O poeta ao estar de mente escassa
Sua verve aos poucos fica escura
Mas na hora que ele se inspira
A criatividade é mais segura
Com o seu pensamento dando voltas
Pelos bosques floridos da cultura.

Os neurônios estando aquecidos
Pelas células do crânio em movimento
Que estando azeitadas e oleadas
Para lubrificar o pensamento
As ideias vão se articulando
Rumo à fase do empoderamento.

Num estágio de mais autonomia
Há momentos que ele fica imerso
Em oníricas fontes vinculadas
Aos mananciais do universo
Tudo isso a fim de deixar pronto
Todo o material de fazer verso.

Em ação todos esses mecanismos
Orquestrados com muita maestria
Belas composições são produzidas
Quando a inspiração traz euforia
O poeta absorto vai surfando
Sobre as ondas do mar da poesia.

Autor: Zé Bezerra

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

APOLOGIA AO LIVRO E À LEITURA













Ler é uma atividade
De importante valor
Além de ser cultural
É bastante essencial
Para a mente do leitor.

A leitura aumenta a nossa
Intelectualidade
Por isso que para ler
O leitor deve manter
Com o livro, intimidade.

O livro é da leitura
Seu principal instrumento
O que contém vale a pena
O seu volume armazena
Cultura e conhecimento.

Leitor aficionado
De leitura tem mania
Lendo sentado ou de pé
Para esse o livro é
Sua melhor companhia.

O encontro com o livro
De uma forma amistosa
Dá prazer e bem-estar
Faz a leitura ficar
Atraente e proveitosa.

Ler um livro deixa a mente
Do leitor fortalecida
Uma informação segura
Nos afirma que a leitura
Aumenta o tempo de vida.

O livro além de deixar
O leitor bem informado
Contra o alzheimer previne
Já que a memória é vitrine
Do saber acumulado.

Capítulos, páginas de um livro
São como lâmpadas acesas
Cada texto uma fagulha
Onde o bom leitor mergulha
Numa fonte de surpresas.

Faz-se apologia ao livro
Por seu autêntico valor
Sendo o amigo diário
De quem dele é usuário
Que é sem dúvida o leitor.

Autor: Zé Bezerra








quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

PORTA VOZ DA ESPERANÇA














Ser promovente da paz
Saber bem se conduzir
Em bons caminhos seguir
Consciente do que faz
Demonstrar que é capaz
De fazer sempre aliança
Com quem possui confiança
E o bem gostar de fazer
Tem que ser assim pra ser
Porta voz da esperança.

Guardando no coração
Amor e fraternidade
Preservando a humildade
O bom senso, a oração
A ética, a educação
Sendo uma pessoa mansa
Que jamais usa a vingança
Se alguém lhe ofender
Tem que ser assim pra ser
Porta voz da esperança.

Livrando-se dos perigos
Sem nunca odiar ninguém
Buscando algo que tem
Para ajudar os mendigos
Crescendo o número de amigos
Lutar com perseverança
Dar espaço à temperança
Para tranquilo viver
Tem que ser assim pra ser
Porta voz da esperança.

Tem que estar pronto a servir
Tem que ao próximo amar
Tem que saber perdoar
Tem que ao outro ouvir
Tem que os bens repartir
Tem que promover mudança
Tem que gostar de criança
Tem que ao idoso entender
Tem que ser assim pra ser
Porta voz da esperança.

Autor: Zé Bezerra

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

ESTADO DE FELICIDADE













Mário Sérgio Cortela, escritor
E filósofo de célebre pensamento
Definindo o que é felicidade
Faz primeiro um questionamento.

É a felicidade uma euforia?
Alegria, ou então transbordamento?
Uma efervescência momentânea
Que altera qualquer comportamento?

Ela é muito mais que tudo isso
Porque sempre equilibra as reações
E assim oferece ao ser humano
Um conjunto de boas sensações.

Importante quando a felicidade
Na pessoa assim se consolida
Porque vai elevar a autoestima
Dando força e sustentação à vida.

Esse estado de paz e bem- estar
Dá à vida segura diretriz
Que a riqueza maior do ser humano
Neste mundo é viver e ser feliz.

Autor: Zé Bezerra

domingo, 20 de janeiro de 2019

O ROSTO HUMANO DE DEUS
















Em tantos rostos marcados
Por inúmeras cicatrizes
São os marginalizados
As pessoas infelizes
Porque vivem esquecidos
Devido serem excluídos
Não têm os direitos seus
Porque justiça não há
É nesta gente que está
O rosto humano de Deus.

Na criança abandonada
Faminta, doente e nua
No idoso desprezado
Nos moradores de rua
Nos doentes incuráveis
Nas pessoas miseráveis
Com os sofrimentos seus
De tudo estando à mercê
É nisso aí que se vê
O rosto humano de Deus.

Naqueles que foram expulsos
Da sua terra natal
E estão noutros países
Em um sofrer sem igual
Por lhes faltarem abrigo
A vida corre perigo
Para os migrantes plebeus
Excluídos dos demais
Está nos que sofrem mais
O rosto humano de Deus.

Nos pacientes que estão
Sofrendo e passando mal
Aguardando uma assistência
Num corredor de hospital
Em maca, por faltar leito
Na penúria desse jeito
Talvez somente os ateus
Que não creem no Rabi
Não veem que está ali
O rosto humano de Deus.

Autor:Zé Bezerra