quarta-feira, 29 de março de 2017

VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS

















Entende-se que a escola
É um ambiente de paz
De relacionamentos
Fraternos e cordiais
E de concórdia também
Para desenvolver bem
Ações educacionais.

Esse convívio sadio
Precisa a escola ter
Nela o professor ensina
Para o aluno aprender
A paz sendo preservada
Boa educação é dada
E tem sucesso o saber.

A busca pelo saber
Na vida é uma exigência
Por isso que a escola
De todos tem preferência
Se seu papel tem valia
Nela jamais deveria
Acontecer violência.

O cúmulo do absurdo
Seja no sul ou no norte
É uma escola ser palco
De briga e conflito forte
Desacato e confusão
Pânico, tumulto, agressão
E até casos de morte.

Esses fatos na escola
Não eram pra ter lugar
Essa instituição
É feita para educar
Tendo meta definida
Boa formação pra vida
Nela devemos buscar.

Infelizmente num mundo
Carente de amor e paz
As escolas não escapam
Das ações dos marginais
Essa coisa tão pior
A violência, a maior
Das mazelas sociais.

Autor: Zé Bezerra


sábado, 25 de março de 2017

VIVER ASSIM VALE A PENA

Use sua consciência
Não agrida, não exclua
Respeite a vida do outro
Para estar bem com a sua.

Não discrimine, não cause
Constrangimento a alguém
Seja feliz vendo os outros
Serem felizes também.

Agradeça sempre a Deus
Pela sua existência
Procure viver a vida
Sem praticar violência.

Seja sensato e encare
A vida como ela é
Sempre abasteça seu ser
De esperança e de fé.

No amor encontre a luz
Que a cada momento brilha
Valorize cada ação
De serviço e de partilha.

Enfim seja um ser humano
Feliz na vida terrena
E aos poucos perceba que
Viver assim vale a pena.

Autor: Zé Bezerra

sexta-feira, 24 de março de 2017

FAZER DA VIDA UM DOM DE AMOR

O papa Francisco é cheio
De sabedoria e luz
Motiva cada cristão
A carregar sua cruz
Já que é um requisito
Para seguir a Jesus.

Neste tempo quaresmal
Compete a cada cristão
Em Cristo e seu Evangelho
Buscar a transformação
Mudando no dia a dia
A mente e o coração.

Ouvindo e praticando
A Palavra do Senhor
Mantendo o firme propósito
De ser o seu seguidor
Fazendo da sua vida
Para o outro, um dom de amor.

Converter-se de verdade
É despojar-se e mudar
Libertando-se do ódio
Dispondo-se a perdoar
Que no caminho de Cristo
Só anda quem sabe amar.

Carregar a cruz implica
Renúncia e fidelidade
E para isso ser feito
Há sempre dificuldade
Mas Jesus compensa dando
A plena felicidade.

Autor: Zé Bezerra

quinta-feira, 23 de março de 2017

A PERDA DO COSTUME DE VIVER












 
A pessoa que fica entristecida
Por um fato que venha  acontecer
Não resiste aos impactos negativos
Assim vai aumentando o seu sofrer
Mergulhada em tristeza e amargura
Vai perdendo costume de viver.

Sendo forte o estado depressivo
Está sempre aumentando o desprazer
Com a autoestima estando em queda
Fica o quadro ruim de soerguer
Quem se encontra em tal situação
Vai perdendo o costume de viver.

As preocupações e os estresses
Têm mais chances de assim permanecer
Junto àquele indivíduo bem nervoso
Que às vezes não sabe se conter
E diante de algumas turbulências
Vai perdendo o costume de viver.

Isso é independente da idade
Que qualquer ser humano possa ter
Se o psicológico é abalado
Não é fácil o problema resolver
Sempre aquele que sofre esses transtornos
Vai perdendo o costume de viver. 

Autor: Zé Bezerra



terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

TODOS MERECEM VIVER













Seres vivos em geral
Cada espécie dividida
Nos reinos em que há vida
Animal e vegetal
Pelo ciclo natural
Tem início cada ser
No momento de nascer
Depois morre com certeza
Pela lei da natureza
Todos merecem viver.

Toda criatura viva
Tem esse merecimento
Mesmo tendo sofrimento
Cada vida é positiva
E significativa
Respeitada deve ser
Para o ente vivo ter
Como viver de verdade
Porque com dignidade
Todos merecem viver.

Na existência terrena
A vida material
É própria de cada qual
Devendo ser digna e plena
Porque viver vale a pena
Jamais deixa de valer
É um crime interromper
Um direito tão profundo
Em qualquer lugar do mundo
Todos merecem viver.

Portanto viva e permita
O outro viver também
Lembre-se que vive bem
Quem em Jesus acredita
Quem serve a quem necessita
Quem ao outro dá prazer
Quem diminui o sofrer
Do infeliz da sargeta
Já que em nosso planeta
Todos merecem viver.

Autor: Zé Bezerra