sexta-feira, 29 de julho de 2016

A CULTURA DE CORDEL


















Na luta do dia a dia
No clima e nas estações
Com suas variações
Na temperatura fria
Na luz do sol que irradia
Nas curvas de uma estrada
Numa noite enluarada
No canto de um menestrel
A cultura de cordel
Tem que ser valorizada.

No trinado do canário
No canto do sabiá
No voo do carcará
No galo que tem horário
Porque seu cantar diário
Começa de madrugada
No romper da alvorada
No aroma de um vergel
A cultura de cordel
Tem que ser valorizada.

É preciso avançar mais
A sua divulgação
Em rádio e televisão
E nas redes sociais
Em todas as capitais
Ela tem que ser mostrada
Por trovadores cantada
Para um público mais fiel
A cultura de cordel
Tem que ser valorizada.

Por juiz e promotor
Professor e estudante
Bancário e comerciante
Jornalista e escritor
A mídia dando valor
Imprensa escrita e falada
E até gente iletrada
Pode ter esse papel
A cultura de cordel
Deve ser valorizada.

Em Manaus e Macapá
Sergipe Minas Gerais
Bahia, Rio e Goiás
Mato Grosso e Paraná
Alagoas e Pará
Exu e Serra Talhada
Tibau, Canoa Quebrada
Aracati, Cascavel
A cultura de cordel
Tem que ser valorizada.

Autor: Zé Bezerra


segunda-feira, 18 de julho de 2016

BRINQUEDOS APROPRIADOS À 1ª IN FÂNCIA


















O primneiro período é a infância
É a fase que a vida inicia
Envolvida no véu da inocência
Mergulhada no mar da fantasia.

Pai e mãe, professor e professora
Têm a obrigação de entender
Que são as brincadeiras, o caminho
 Que conduz a criança a aprender.

Quem educa com esse entendimento
Desempenha o papel com segurança
Ao fazer a escolha acertada
Dos brinquedos mais úteis à criança.

Os brinquedos industrializados
Que estão cada vez em expansão
Eles não são os mais apropriados
No processo da boa educação.

O contato com tecnologias
Se constante, ele vai tornar-se hostil
Porque queima etapas do processo
Sobre o conhecimento infantil.

O correto é na primeira infância
A criança na sua ingenuidade
Brincar com elementos naturais
Que por terem maior simplicidade
Desenvolvem a imaginação
Fantasia e criatividade.

Autor: Zé Bezerra

segunda-feira, 11 de julho de 2016

UMA DAS FRASES DE ARIANO
























Ariano Suassuna
Expoente da cultura
Personagem de destaque
Na arte e literatura
Tendo ideias contumazes
Em uma de suas frases
De pensamento engenhoso
Ele diz com seu saber
O mais importante é ser
Realista esperançoso.

Classificou como amargo
 O sujeito pessimista
Disse ainda ser ingênuo
O indivíduo otimista
Para no sonho ir além
Nem um nem outro não tem
Ideal harmonioso
Para lutar e vencer
O mais importante é ser 
Realista esperançoso.

Do excesso de otimismo
Ariano desconfia
É um mergulho de ponta
Num poço de fantasia
Quem foge ao mundo real
Envolve-se em vendaval
Arriscado e nebuloso
Que faz o sonho morrer
O mais importante é ser 
Realista esperançoso.

Por outro lado quem é
Pessimista o tempo inteiro
Tem a vida insípida igual
A comida sem tempero
Sua mente é um deserto
Acha que nada dá certo
Diz que Deus é duvidoso
Melhor é nele não crer
O mais importante é ser
Realista esperançoso.

O bom é ser realista
Lutar para obter meta
Agir com os pés no chão
Em situação concreta
E com naturalidade
Viver a realidade
Consciente, audacioso
Plantando para colher
O mais importante é ser
Realista esperançoso.

Autor: Zé Bezerra


quarta-feira, 6 de julho de 2016

FALSOS REPRESENTANTES



















Senadores, deputados
Tanto agora como antes
São falsos representantes
Só decepção nos dão
Enganando o  tempo inteiro
O Congresso Brasileiro
Não representa a nação.

São cinquenta e um por cento
De mulheres no país
Um número que não condiz
Cuja representação
Nove por cento somente
Desproporcionalmente
Não representa a nação.

No Congresso tem cinquenta
Por cento de empresários
Com seus projetos contrários
Aos direitos do povão
Operários, camponeses
Por isso esses burgueses
Não representam a nação.


Negros, pardos são sessenta
Por cento dos habitantes
Mas dos seus representantes
É bem pequena a porção
De três por cento somente
Outra prova que essa gente
Não representa a nação.

São alguns percentuais
Com números demonstrativos
Sabe-se bem os motivos
De toda a desproporção
Desses disparates críticos
De fato esses políticos
Não representam a nação.

Autor: Zé Bezerra

segunda-feira, 4 de julho de 2016

SEM ALIENAÇÃO

A pessoa que vive a pensar bem
Com certeza possui criticidade
A análise que faz reflexiva
É sinal de quem tem maturidade.

Você tendo bom senso pode ver
Se o poço está raso ou é profundo
Ampliando seu grau de consciência
Pela clara visão que tem do mundo.

Se a pessoa medita e analisa
Todo passo que dá na caminhada
Está mais prevenida porque tem
Menos chance de ser ludibriada.

Com a capacidade de enfrentar
Obstáculos maiores e pequenos
Sem alienação a gente pode
Acertar muito mais e errar menos.

Autor: Zé Bezerra