segunda-feira, 15 de março de 2021

ELOGIOS À POESIA I










O mar, a terra, o planeta

O morro, o monte, a chapada

O livro, o texto, a caneta

O campo, o pasto, a boiada

O gás, o fósforo, o fogo

O torneio, o time, o jogo

O vaqueiro, a vaca, a cria

O mérito, a glória, o troféu

O éden, o inferno, o céu

TUDO ISSO É POESIA.


Isso que é universo

Isso que é infinito

Isso que dá vida ao verso

Isso que desvenda o mito

Isso que vem de repente

Isso que apaixona a gente

Isso que nos extasia

Isso que germina calma

Isso que toca na alma

ISSO TUDO É POESIA.


O transatlântico poético

O mundo todo percorre

Contendo uma água lírica

Que despeja e que escorre

Especial combustível

De efeito inconfundível

Que só arte comunica

Se o mundo der cambalhotas 

E vier bater as botas

SÓ A POESIA FICA.






Nenhum comentário: