segunda-feira, 8 de março de 2010

SAUDAÇÃO ÀS MULHERES

Hoje o Sertão Caboclo
Com consideração quer
Prestar a sua homenagem
A cada uma mulher.

A mais idosa, a mais jovem
A pobre, a mais sucedida
A nobre de mais status
A humilde, a excluída.

A que vive muito bem
Na alta sociedade
E aquela esquecida anônima
Que vive em dificuldade.

As mulheres de destaque
Na política e no esporte
Também as que sempre foram
Deserdadas pela sorte.

Todas as mulheres mães
O nosso aplauso também
Um abraço para as outras
Que não são mães de ninguém.

Neste Dia da Mulher
Índia, branca, parda ou preta
Que Deus focalize a todas
Com a divina luneta
Protegendo, abençoando
As mulheres do Planeta.

Autor: Zé Bezerra

3 comentários:

Rosana Valdeger disse...

Olá seu Zé!!!

Obrigada pela poesia à mulher.

Como eu gostaria de prestigiar pessoalmente, o lançamento do livro desse artista popular que tem a alma do povo, a sabedoria dos simples e o compromisso com o bem comum.
Assim, virtualmente, envio o meu braço de admiração e carinho, desejando sucesso, luz e saúde sempre.
Quero comprar o livro, tá?
Rosana Valdeger
Umarizal/Natal-RN.

Claudismar disse...

"Parabenizo o Amigo e Poeta Prof. José Bezerra de Assis pelo lançamento do seu 1º Livro: "FAGULHAS DE POESIA" que seja a 1ª de inúmeras obras da Arte da Poesia de Cordel."


Um forte abraço
do Amigo, CLAUDISMAR EMÍDIO DANTAS.

MayEmy Pedagogas disse...

Zé estou fazendo um trabalho sobre a importância da mulher nordestina no sertão gostaria entrar em contato contigo
por favor emelymaria@outlook.com ou milysantux@gmail.com
espero resposta