quarta-feira, 22 de abril de 2009

BRASIL DE TODOS OS BRASILEIROS

Este país começou
Por mãos de aventureiros
Quinhentos e nove anos
Faz que alguns estrangeiros
Aos índios deram suspense
Num Brasil que não pertence
A todos os brasileiros.

Eram todos portugueses
Sujeitos interesseiros
Logo causaram transtornos
Aos habitantes primeiros
Foram imbecis até
Neste Brasil que não é
De todos os brasileiros.

Amedrontaram os índios
Com eles sendo grosseiros
Apossaram-se das terras
Como se fossem herdeiros
Iniciou neste dia
O Brasil que não seria
De todos os brasileiros.

Os donos deste Brasil
São os grandes fazendeiros
São os latifundiários
Os empresários, os banqueiros
E os políticos do poder
Difícil é o Brasil ser
De todos os brasileiros.

Todos deviam ter chances
Excluídos, biscateiros
A classe trabalhadora
Desempregados, oleiros
Deus proteja e abençoe
O Brasil que nunca foi
De todos os brasileiros.

Neste 22 de abril
Amigos e companheiros
Se o país é desse jeito
Que nós sejamos ordeiros
Reforçando a utopia
Que o Brasil será um dia
De todos os brasileiros.

Autor: Zé Bezerra

2 comentários:

Iran disse...

Muito boa!
Parabéns pela inspiração.
Forte Abraço!

Netinho disse...

Professor José Bezerra, quero lhe parabenizar pelo blog. falo com toda sinceridade: este espaço criado pelo senhor, é um dos melhores de todo o Nordeste!
estou longe daí, mas me dá uma saudade de casa e de nossa cultura só em abrir esse blog. apesar de ser o primeiro comentário que faço para o senhor, quero lhe falar que já há algum tempo venho acompanhando seu trabalho(sua arte)
nesse espaço tão bonito e tão bem trabalhado. obrigado pelo prazer. grande abraço, fica com Deus!!!