segunda-feira, 6 de setembro de 2021

ELE VAI E VEM

 Astro rei, majestoso é seu farol

A lanterna maior da natureza

Os seus raios exibem mais beleza

Logo assim que termina o arrebol

Todo o protagonismo tem o sol

Quando o nosso planeta alumia

A luminosidade que irradia

Não se sabe ao certo de onde sai

Na chegada da noite o sol se vai

Na certeza que vem no outro dia.


Doze horas direto a clarear

Vale, monte, sertão, baixio e serra

Enseada, planície, mar e terra

Mas se a terra não para de girar

Essa face vai ter que se ocultar

Com a noite que vem e tudo esfria

Já na outra o dia inicia

Tudo é bem sustentado e nada cai

Na chegada da noite o sol se vai

Na certeza que vem no outro dia.


No seu tempo marcado de ir embora

O sol vai e só deixa escuridão

Sua luz foca outra região

Noutra banda do mundo ela aflora

Mas já é aguardada nova aurora

E o sol volta com toda energia

Traz vigor, esperança e alegria

Vem na hora marcada e tudo atrai

Na chegada da noite o sol se vai

Na certeza que vem no outro dia.


Autor: Zé Bezerra


Nenhum comentário: