sexta-feira, 24 de agosto de 2018

NÃO VOTE NELES
















Chegamos mais uma vez
A um ano de eleição
Em que nós como eleitores
Temos a obrigação
Do nosso voto exercer
E às urnas comparecer
No dia da votação.

Vem a lei eleitoral
Um prazo estabelecer
Para o partido em disputa
Sua convenção fazer
Cumpridos esses contratos
Centenas de candidatos
Começam aparecer.

Uma situação crítica
Diferente do passado
É que cada eleitor
Sente-se desencantado
Procurando em quem votar
Dá vontade de deixar
Essa obrigação de lado.

Muitos que pensam assim
Não é por mal intenção
É devido o sentimento
De forte indignação
Com os seus olhares críticos
Estão de certos políticos
Cheios de decepção.

A rejeição é maior
Conforme vê-se os relatos
A diversos indivíduos
Que já possuem mandatos
Com currículo muito mau
E com a cara de pau
São de novo candidatos.

Esses caras devem ser
De uma vez descartados
Se eles são maus políticos
Não têm que ser mais votados
É bom cada um perder
Porque não merecem ter
Seus mandatos renovados.

A política dos partidos
É pífia e é turbulenta
A descrença em seus atores
Cada dia mais aumenta
Sem dar mais vez a calote
Eleitor, você não vote
Em quem não lhe representa.

Autor: Zé Bezerra

2 comentários:

Unknown disse...

Quero um chefe brasileiro

Fiel, firme e justiceiro

Capaz de nos proteger

Que do campo até à rua

O povo todo possua

O direito de viver



Quero paz e liberdade

Sossego e fraternidade

Na nossa pátria natal

Desde a cidade ao deserto

Quero o operário liberto

Da exploração patronal



Quero ver do Sul ao Norte

O nosso caboclo forte

Trocar a casa de palha

Por confortável guarida

Quero a terra dividida

Para quem nela trabalha



Eu quero o agregado isento

Do terrível sofrimento

Do maldito cativeiro

Quero ver o meu país

Rico, ditoso e feliz

Livre do jugo estrangeiro



A bem do nosso progresso

Quero o apoio do Congresso

Sobre uma reforma agrária

Que venha por sua vez

Libertar o camponês

Da situação precária


(Patativa do Assaré)

Unknown disse...

Saudações desde a terra tapuia.

Adriano Fontes.